Feeds:
Posts
Comentários

Archive for janeiro \25\UTC 2009

medawar01_300px1Li no Almanaque Gaúcho de Zero Hora de ontem, uma nota sobre Sir Peter Brian Medawar, Prêmio Nobel de Medicina de 1960. A nota referia-se ao fato de ele ter renunciado à sua cidadania brasileira para não prestar o serviço militar, em cujo período estudava na Inglaterra. Como era filho de mãe inglesa, pode adotar a cidadania britânica. Foi assim que o Brasil deixou de ter seu primeiro ganhador do Nobel.

medawar_capa012Mas, não é por isso que Medawar ocupa um lugar na minha memória. É pelo que ele escrevia. Há mais de 20 anos li Advice to Young Scientist. O livro me causou grande impressão, sobretudo uma frase mais ou menos assim:

Tenho muita pena quando vejo jovens pesquisadores gastando horas e horas na biblioteca, em vez de ir para o laboratório realizar experimentos.

Essa contundência parece que acompanha seus escritos. Estou lendo Os limites da ciência. Veja algumas frases:medawar_capa021

(…) quase desisti da filosofia, tanto pelo tamanho como pela leitura pesada e pela erudição desagradável, características da principal obra de Alfred North Whitehead.

Outra propriedade que coloca as ciências genuínas à parte daquelas que arrogam para si tal título, sem realmente o merecer, é a sua capacidade preditiva.

Muitas pessoas que têm por obrigação compreender melhor as coisas derivam suas concepções sobre a ciência dos livros para adolescentes ou das ficções científicas mais extravagantes.

Anúncios

Read Full Post »

Este é o título da minha coluna deste mês de janeiro, na Ciência Hoje Online. Como habitualmente faço, coloco no blog http://www.professorcarlos.com/ informações complementares, as quais não puderam ser colocadas na coluna por uma questão de espaço editorial. O objeto ignorado, mencionado no título, é o memristor, que juntamente com o resistor, o capacitor e o indutor vai formar o grupo dos elementos passivos da eletrônica.

memristor_williams_stewart

Read Full Post »

logo_if50anos_200pxCriado em 9 de março de 1959, em consequência de um movimento nacional em prol da ciência brasileira, o Instituto de Física da UFRGS comemora seu primeiro cinquentenário com uma extensa agenda de atividades ao longo de todo este ano de 2009.

O referido movimento tem início com a criação do Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), em 1949. Dois anos depois é criado o Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq), imediatamente seguido pela criação do Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA), em 1952. Em 1953 é criado o Centro de Pesquisas Físicas da UFRGS, que seis anos depois dá lugar aos Institutos de Física e de Matemática.

As propostas do movimento foram incorporadas no Plano de Metas proposto em 1956 por Juscelino Kubitschek, no âmbito do qual foi constituída a Comissão Supervisora do Plano dos Institutos (COSUPI), cujo resultado prático foi a criação dos seguintes Institutos:  Física e Matemática (UFRGS); Mecânica (UFPR); Genética (USP, Piracicaba); Economia Rural (UFRRJ); Química (UFBA); Minas e Metalúrgica (UFOP); Geologia (UFPE); Tecnologia Rural (UFCE).(Informações extraídas de http://www.mat.ufrgs.br/historico.html)

O andamento dos eventos comemorativos será apresentado no portal IF 50 anos, que também será utilizado para registrar fatos históricos pertinentes, extraídos do arquivo permanente do IF, ou de relatos pessoais de quem se dispuser a colaborar.

Read Full Post »

os-nonatos-734660Veja esse repente maravilhoso, dos Nonatos. Como dizem meus irmãos nordestinos: pense em dois cabras atualizados!

O planeta movido a internet é escravo da tecnologia

 

Sítio dos Nonatos.

Read Full Post »